Arquivo da tag: Tom Ford

Um pouco das melhores campanhas de moda de 2012

Padrão

Com 2013 chegando, que tal relembrar as campanhas de moda que marcaram este ano? Grandes fotógrafos, modelos e marcas se empenharam para criar trabalhos recheados de imagens, criatividade e inovação. Entre tantas campanhas legais, não é tão simples escolher as melhores, assim, selecionei nas imagens abaixo algumas das que mais me agradaram.

O que acharam?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

The look: o visual de Anne Hathaway no red carpet do Oscar/2011

Padrão

A noite de festa do Oscar/11 reservou ótimos momentos que merecem ser revistos no que diz respeito aos looks desfilados pelas celebridades sobre o red carpet. Os vestidos longos em tons de vermelho prevaleceram. Foi, de fato, uma festa para os olhos. Mas em uma noite onde se viram tantas belezas reunidas, quem se destacou como “musa fashion”  foi mesmo Anne Hathaway que usou oito diferentes looks, esbanjando muito estilo, bom gosto e elegância.

Desde a sua personagem Andrea Sacks em “O Diabo veste Prada”, eu passei a ser fã de Anne e, desta forma, não poderia deixar de destacá-la aqui neste post.

Em sua chegada ao local da cerimônia, a atriz usou um longo tomara-que-caia vintage Valentino, um verdadeiro clássico da marca. Já no palco, em sua primeira aparição como apresentadora da premiação, ela surgiu usando um vestido cheio de aplicações de cristais e pedrarias da Givenchy. Em seguida, Anne surpreendeu vestindo um smoking acinturado Lanvin com saltos aplicados por cristais Swarovski.

 

Outro grande momento da atriz foi a sua aparição usando um modelo feito exlusivamente para ela, assinado por Vivienne Westwood. Divertida, ela dançou vestindo um longo dourado cheio de franjas Oscar de la Renta. Novamente de tomara-que-caia (o modelo favorito da atriz?), ela surgiu usando um longo com muitos detalhes da grife Versace.

 

Com um outro longo, justo e em tom azul safira da Armani Privé, ela novamente deu um show de elegância. Finalmente, no encerramento da premiação, Anne se encheu de brilho no modelo assinado por Tom Ford, fechando maravilhosamente bem a noite. Miranda Priestly certamente aprovaria as escolhas de sua pupila Andrea (Anne Hathaway).

 

Fotos: Reprodução

A segunda coleção feminina de Tom Ford foi desfilada em Londres. Alguém viu?

Padrão

Em foto publicada pela Vogue US, Tom Ford e a top Stella Tennant usando look de sua primeira coleção feminina apresentada em NY

 

Ainda afeito aos mistérios, Tom Ford volta a fazer suspense quanto à apresentação de sua coleção de inverno/2011 em plena London Fashion Week. O episódio lembra o ocorrido quando o estilista realizou um desfile mega secreto em NY e que dias depois caiu na net em forma de vídeo apresentando as criações que marcaram seu retorno à moda feminina.

Assim como o desfile realizado em NY, em Londres o mesmo clima de mistério prevaleceu. Não houve a presença de fotógrafos, os convidados foram selecionadíssimos (em sua maioria representantes de publicações mensais de moda internacionais) e sem divulgação sobre local e data. O que se sabe agora é que o desfile aconteceu no dia 21.02 e as poucas pessoas que o viram se comprometeram por meio de contrato a não revelar nada sobre ele, seja através de fotografias, vídeos ou textos. Tudo isso porque, assim como no lançamento de sua coleção feminina em NY, Tom Ford não quer que suas criações caiam na internet e sejam copiadas.

Ainda que se respeite a iniciativa de Mr. Ford, é óbvio que ela desagradou em cheio a blogueiros e grande parte dos jornalistas de moda (já que uma minoria teve acesso à coleção do estilista durante sua apresentação em Londres). Para Lauren Sherman, editora do Fashionista.com, a decisão do estilista foi absurda e algo completamente sem sentido, segundo ela “moda é arte e arte está acima de críticas“. Contudo, nem tudo soou contra o mistério da coleção de Tom Ford. A editora da Vogue Italia, Franca Sozzani, (uma das seletíssimas convidadas para o desfile) se colocou a favor. “Precisamos admitir: assim que sua roupa aparece na internet eles vão te copiar, e copiar, e copiar”, disse ela em entrevista ao britânico Daily Mail.

Segredos e mistérios à parte, ao meu ver uma coisa é certíssima: toda essa polêmica em torno da atitude de Tom Ford em não divulgar abertamente suas criações, promovendo um anti fashion show, só consegue mesmo é ser revertida favoravelmente a ele próprio. Com todo o segredo que paira sobre essa coleção obviamente que a mesma deverá ser desejadíssima. Que nulher não gostaria de sair por aí ostentando um look exclusivo assinado por Tom Ford e, por cima de tudo, não visto por praticamente ninguém? Uma estratégia de marketing e tanto, isso sim, e não o pretenso pavor que o estilista teria em relação às cópias que suas roupas poderiam sofrer ao serem divulgadas pela mídia. Mr. Ford é muito esperto!

Coleção feminina de Tom Ford, agora em vídeo!

Padrão

O retorno de Tom Ford à moda feminina deu muito o que falar no final do ano passado, mas pouco havia sido mostrado acerca do feito. Apenas agora é que parece que as coisas começam a mudar de figura e o trabalho de Mr. Ford vem aparecendo. É que “vazou” na internet um pequeno vídeo (com jeito de ensaio fotogràfico) de pouco mais de 3 minutos, onde podem ser vistas algumas imagens do desfile da coleção feminina do estilista.

A platéia, muito pequena e seleta, e a presença bem próxima do fotógrafo oficial, Terry Richardson, davam a nítida impressão de um desfile de moda dos anos 50. Esse clima retrô e elegante, aliás, foi favorecido também pelo cenário da loja na Madison Avenue (NY), local do fashion show. E por falar em platéia, na primeiríssima fila está Anna Wintour e nas passarelas tops que fugiram ao perfil esguio e lânguido. Foi a vez das mulheres cheias de atitude, com peito aberto e sorriso sensual, mas tudo isso sem perder a elegância. A imagem da mulher na qual Tom Ford pretende investir a partir de agora estava lá!

 

Vídeo: Reprodução

Clima fetichista e polêmica na Vogue Paris de dezembro/2010

Padrão

Para um ensaio fotografado por Terry Richardson não se pode esperar mesmo que não haja cenas de nudez, ousadia e referências sexuais. Assim, o trabalho do fotógrafo para a edição de dezembro/2010 da Vogue Paris não foi diferente. Carine Roitfield, excepcionalmente, abriu mão da edição, a qual ficou nas mãos do estilista Tom Ford, modelos como Abbey Lee Kershaw, Crystal Renn e Eniko Mihalik posam sensuais em clima de velho oeste fashion.

Quando vi a capa da Vogue Paris deste mês homenageando Tom Ford, já imaginava que ela viria certamente com algum ensaio ou editorial repleto de looks assinados por ele. Também imaginava um clima polêmico e sensual para as fotos, já que o estilista adora usar tais artifícios em suas campanhas, mas o que eu não esperava é que a homenagem fosse tamanha a ponto de a edição do trabalho ficar a cargo de “monsieur” Ford. Não que eu tenha algo contra por isso. Em absoluto! Mas é de se considerar que trata-se de algo não usual.

Voltando a falar das fotos, em uma delas as meninas marcam as iniciais “TF” (de Tom Ford) nas nádegas de um modelo com ferro quente. Há também uma cena de enterro, tiros e um beijo gay entre Tom Ford e Richardson, para arrematar bem o clima de polêmica no ensaio e chamar a atenção.

A Vogue Paris costuma mesmo ser transgressora em muitos aspectos e ter uma pegada mais sensual em seus ensaios e editoriais, algo que já é bem conhecido de quem acompanha a revista. Como exemplo recente disso basta lembrar da edição de outubro passado, em comemoração aos 90 anos da publicação, na qual Lara Stone estrelou um ensaio cheio de erotismo e fetiches sexuais. Talvez, essa repetição vista na edição de dezembro tenha a ver, como já falei antes, do fato de Tom Ford ter ficao com a reponsabilidade sobre a edição e também por ele ser um dos que adoram usar o tema sexo/provocação/polêmica em suas campanhas. Afinal, o sexo na publicidade de moda sempre ajuda muito a vender…

 

Imagem do dia: capa da edição de dezembro/2010 da Vogue Paris

Padrão

A começar pela capa, não poderia estar melhor. A edição de dezembro/2010 da Vogue Paris tem a top Lara Stone e Tom Ford clicados por Mert Alas & Marcus Piggot. A mensagem “Joyeux Noël monsieur Ford” (“Feliz Natal Sr. Ford”) certamente é uma boa dica: a revista deve estar cheia de looks do estilista em seus editoriais. São as boas vindas da Vogue Paris ao retorno de Tom Ford à moda feminina.

Foto: Reprodução

O retorno de Tom Ford aos looks femininos e seus conflitos com a internet

Padrão

O retorno de Tom Ford à moda feminina após seis anos foi uma dos momentos mais festejados e é um daqueles assuntos do momento no universo fashn, mas apesar de todos os festejos a estratégia publicitária de Mr. Ford foi totalnente planejada, tanto que conseguiu dar um verdadeiro golpe em blogueiros e jornalistas de moda, que ficaram frustrados por não terem tido conhecimento acerca do fato para que pudessem divulgá-lo. Os planos para o retorno de Tom Ford foram tão secretos segundo consta, que mesmo seus amigos mais próximos não souberam do que estava ocorrendo.

Estratégia de marketing ou não, talvez isso tudo seja reflexo daquilo que o estilista vem pensando sobre a maneira através da qual a mídia, especificamente a internet, consome imagens de moda antes mesmo de as roupas serem compradas. Mas como todo segredo um dia vem à tona, eis Tom Ford e alguns de seus looks femininos sendo fotografados por Steven Meisel para uma entrevista concedida a Sarah Mower e um ensaio publicado na Vogue.

Particularmente falando, penso que a internet não é essa “vilã” pintada por Tom Ford. Todas as mídias desempenham o seu papel e a net, por sua instantaneidade e imediatismo, possui um impacto inevitável. Assim como disse Karl Lagerfeld em entrevista concedida ao blog “The Business of Fashion” ninguém deixará de comprar uma bolsa Chanel só porque há cópias sendo vendidas aos montes por aí, sendo comercializadas, inclusive, pela net.

Abaixo, algumas imagens da coleção feminina de Tom Ford:

 

 

Imagens: reprodução