Arquivo da tag: Marc Jacobs

Miss Piggy será a nova editora chefe da Vogue Paris!

Padrão

Parece que Emmanuelle Alt está com os dias contatos como editora chefe da Vogue Paris… Ela entrou para substituir Carine Roitfeld no cargo, mas um novo nome para o comando da publicação foi mencionado e se trata de ninguém menos do que Miss Piggy, a adorável personagem dos Muppets.

Dona de um circulo social pra lá de fashion, Miss Piggy é amiga pessoal de Marc Jacobs. Ela já usou looks feitos pelo desiger e também serviu de inspiração para diversos estilistas, já tendo sido vista por aí usando Prada, YSL e Jason Wu. Agora ela vai ser uma das mais importantes figuras da indústria fashion a partir do dia 24/11, quando o seu novo filme será lançado em comemoração ao Dia de Ação de Graças nos EUA. É nele que Piggy assume o papel de editora de moda da Vogue Paris.

O fato é interessante e divertido de se imaginar, pois se a entrada de Emmanuelle Alt para o posto de editora chefe da revista rendeu muitos comentários, o que dizer então de Miss Piggy?

Anúncios

Louis Vuitton, campanha primavera-verão/2011: luxo e excesso aos extremos!

Padrão

A campanha de primavera-verão/2011 da Louis Vuitton não poupou em excessos e luxo, muuuito luxo. Parece que após as imagens mais recatadas da campanha de outono-inverno passada, Marc Jacobs procurou se superar mostrando tudo aquilo que não foi mostrado antes. Assim, escalou tops poderosas como Raquel Zimmermann, Freja Beha e Kristen McMenamy para serem clicadas por Steven Meisel em um estúdio de NY.

A campanha remete à imagem de um oriente que é ao mesmo tempo decadente e altamente ostentador. Ostentação, aliás, é tudo o que se pode dizer desta coleção da LV. Ela tem make forte e pesado, rendas, cetin, lurex, estampas chamativas, muita cor, brilhos e acessórios, muitos acessórios, além do carão das tops nas imagens da campanha, para combinar ainda mais com o clima ultra luxuoso da mesma.

Louis Vuitton: Os excessos da campanha primavera-verão/2011 (à esquerda) contrapondo com o recato da campanha de outono-inverno/2011 (à direita)

Marc Jacobs para a Numéro Tokyo, jan/fev 2011

Padrão

Após ter estampado a capa da Industrie Magazine, em um comentadíssimo crossdressing, Marc Jacobs também foi fotografado para a edição de janeiro/fevereiro 2011 da Numéro Tokio ao lado das tops Katja e Kristy Kauro. Os clics são de Brian Bowen Smith.

 

Foto: Reprodução

Maré vermelha no verão 2011!

Padrão

 

Depois da verdadeira febre provocada pelos tons nude, a moda é tomada pelo vermelho em uma onda que vem se mostrando arrasadora. Ela teve início na temporada de lançamentos para o inverno 2011 e vem se mantendo atualíssima para o verão 2011.

O interessante é que a cor foi vítima de preconceitos e xingamentos pesados. Foi chamada, por exemplo, de cafona e vulgar e agora ganha as passarelas e, a partir delas, os desejos consumistas mais ávidos por aquilo que é tendência.

Mas essa rendição à cor não foi um privilégio apenas de marcas como Valentino, que tornou o vermelho a cor fashion no fim dos anos 70 e que encheu suas passarelas com looks vermelhos durante os desfiles de verão/2011 (foto acima). Várias grifes ressuscitaram o tom nos estilos lady, minimalista e 70’s.

Abaixo, algumas mostras de outras grifes, além de Valentino, que apostam na cor:

Jil Sander e Lanvin

 

Louis Vuitton e Marc Jacobs

 

Miu Miu e Balenciaga

 

Fotos: Style.com

O crossdressing de Marc Jacobs para a Industrie Magazine e a continuidade das discussões sobre os gêneros na moda

Padrão

 

Ao ver a imagem de Marc Jacobs todo montado na capa da revista Industrie Magazine (foto acima) imediatamente me vi mais uma vez remetido às questões de gênero no universo da moda. Apesar de não ser essa a primeira vez que Marc se monta para uma revista, desta vez para a Industrie Magazine ele conseguiu esquentar ainda mais as discussões acerca dos gêneros, vestido de mulher para a capa e o recheio da publicação em fotos de Patrick Demarchelier e styling assinado por Katie Grand.

A discussão de gêneros já entrou, e não é de hoje, para a pauta fashion. Para exemplificar vale citar a campanha de outuno-inverno 2009 de Jean Paul Gaultier com a top Raquel Zimmermann “brincando” de ser menino e menina, o editorial “Come fere et soeur” publicado na edição de abril/2009 da Vogue Paris com a top Anna Selezneva,  James Franco na capa da Candy Magazine – revista especializada em crossdressing – os editoriais de Nicola Formichetti para a Arena+Homme e Hercules Magazine, a Vogue Turquia com o editorial “Androjen” onde o modelo Andrej Pejic que chega a ser a perfeita tradução do que significa “androginia” na atualidade, a campanha de inverno/2010 da Givenchy com a top transex brasileira Lea T., bem como o editorial “Venus in Fur” da Vogue Italia de novembro/2010. Após tudo isso foi a vez de Marc Jacobs, um dos designers mais influentes e festejados no mundo da moda se travestir de Mrs. Jacobs com muita pose e carão na capa e recheio da Industrie Magazine – publicação voltada aos bastidores dos negócios da moda.

O trabalho de Jacobs para a Industrie parece personificar de vez para o mainstream a vontade fashion que é a tônica do momento: liberdade. Mas isso também não é novidade, convenhamos. A diferença é que essa “nova” onda tranny acaba por representar aquilo que por muito tempo foi considerado como unissex (comum a homens e mulheres), propondo uma boa dose de transgressão, ou seja, que a apropriação de estilos e looks masculinos e femininos por pessoas de ambos os sexos não se resume somente ao modo de se vestir, mas sim, a todo um life style.

Momentos na moda chegam e vão embora em uma virada de estação, porém, esta nova estética e modo atualíssimos de se discutir os gêneros (algo como uma tendência) promete render belos e incríveis editoriais que certamente buscarão dar enfoques novos ao tema. Só resta saber se tal “tendência” ficará restrita apenas às páginas das revistas ou se poderá ganhar as ruas. Vamos aguardar para ver, pois se a discussão é muito interessante, os preconceitos ainda são fortes.

Raquel Zimmermann de menino e menina na campanha de outono-inverno/09 de Jean Paull Gaultier

 

Da mesma forma a top Anna Selezneva fez na edição de abril/09 da Vogue Paris

 

James Franco tirando “onda” em seu momento mulher para a Candy Magazine

 

A transex brasileira Amanda Lepore para a Hercules Magazine

 

O modelo Andrej Pejic na Vogue Turquia

 

A campanha de inverno 2010 da Givenchy com a top transexual brasileira Lea T.

O editorial “Venus in fur” da edição de novembro/2010 da Vogue Italia

 

Marc Jacobs no recheio da Industrie Magazine esquentando mais ainda a discussão sobre os gêneros na moda

 

Fotos: Reprodução

Alessandra Ambrósio para a Vogue Nippon

Padrão

A edição “beauty” da Vogue Nippon (nov/2010) tem na capa e no recheio da publicação toda a beleza da top Alessandra Ambrósio em clics de Giampaolo Sgura para o ensaio intitulado de “Glamour Supreme”.

Com um visual diferente, a modelo aparece de cabelão e makeup carregado por lábios coloridos (a começar pelo batom azul da foto da capa) e muita sombra, tudo lembrando bem os exageros no visual típico dos anos 80. Detalhe também para os looks da coleção primavera-verão 2011 de Marc Jacobs que ela usa, onde o brilho impera. Opa!!! Tendência a vista!!!

 

 

 

Fotos: Reprodução

NY Fashion Week S/S 2011: Marc Jacobs very sexy!

Padrão

Clima 70´s, muita seda, cores, fendas enormes para deixar mesmo as pernas a mostra revelando uma underwear parecida com a masculina e generosos decotes que redescobrem o busto como ponto erótico do corpo feminino. A mulher da coleção de primavera-verão/2011 de Marc Jacobs é sensual e sexy aos extremos.

 

  

 

 

Fotos e vídeo: Style.com (Reprodução)