Arquivo da tag: Gucci

A estampa engraçadinha da Prada é tendência no verão europeu

Padrão

A estampa “animadinha” da coleção verão/2012 da Prada ganha as ruas da Europa.

As idéias apresentadas aos homens nas semanas de moda para o verão europeu começam a aparecer nas ruas e cada um faz as devidas adaptações, conforme o gosto pessoal. Na verdade, cada país tem suas peculiaridades na moda, principalmente a masculina, mas não é novidade pra ninguém que há marcas que “ditam” mesmo o que se vai querer usar e a Prada é uma dessas marcas.

Como exemplo, vale citar a coleção de verão 2011/2012 da Prada, uma das mais “inspiradoras” para o resto do mundo. Lojas de departamentos fizeram cópias fiéis das estampas que a grife desfilou, deixando muita gente incrédula e louca para adquirir uma peça. Quer mais um exemplo? Cito também o color block. Do guarda roupas feminino ao masculino, foi impossível não se render à tendência, apresentada pela Prada em sua coleção de verão de 2007/2008 (fotos abaixo) e, mais recentemente, pela Gucci em sua coleção masculina de verão/2013. Mais uma prova de que as temporadas passam e aquilo que foi tendência sempre volta.

Pois bem. Não sei se é possível afirmar o fim do color block para os homens, mas o fato é que ares vindos diretamente da europa apontam que as estampas animadas, tipo essa que o menino da foto principal deste post usa, promete ser o grande hype. A estamparia é bem colorida, com miniaturas espaçadas em fundo branco. Lembra também desenhos feitos à mão. Ela foi vista na temporada masculina de verão/2012 e logo ganhou as ruas, como aliás aconteceu também com o color blocking, enchendo de cor as produções masculinas nas ruas.

E ainda que alguém ache que assim como as estampas tratadas neste post e as demais tendências que estão sempre a surgir (ou a ressurgir), são apenas cópias, imitações ou releituras, o certo é que se sabe que isso está cada vez mais normal na moda de hoje, e o fato é que no caso das estampas que seguem os mesmos motivos daquelas que a Prada mostrou em sua passarela masculina, já caiu nas graças do streetstyle e está ganhando outras milhares de versões por marcas de todo o mundo, tanto em roupas quanto em acessórios. Veja nas imagens abaixo:

Seja em roupas ou em acessórios, a estampa engraçadinha da Prada caiu no gosto dos homens europeus. Agora é questão de tempo para a idéia chegar por aqui também!

Moda Masculina: se não é possível mudar muito, o jeito é investir nos detalhes.

Padrão

Sempre que publico um post sobre moda masculina aqui no blog, recorro ao fato de que tal moda tem como características marcantes a pouca variação, além de ser mais comedida e pouco aberta a novidades. Para quem assiste a cada temporada novas coleções masculinas serem lançadas, deve ficar se perguntando de onde vem (ainda) a inspiração para as criações.

Sendo assim, como falar em renovação no guarda-roupas do homem? Como transformar em novo e atual aquele mesmo terno visto hoje nas passarelas e que já apareceu em temporadas passadas? E o que dizer também das bermudas, das calças e das camisas? Assim, se é verdade que, no geral, o público masculino nem de longe acompanha a moda como o feminino, não é possível afirmar que a moda feita para os homens é, necessariamente, algo mais fácil de ser criado se comparada à feminina.

As coleções de verão/2013 desfiladas este mês na última temporada masculina em Milão mostraram o que têm de melhor. Milão possui a semana masculina mais importante do mundo e a moda apresentada lá influencia o que vai ser criado para os homens ao redor do mundo. Mas, o que tiveram de melhor essas coleções? A resposta passa por um ponto chave: o primor dos detalhes. Sim, os detalhes!

Se os looks masculinos não permitem grandes variações e extravagâncias, é a partir dos detalhes que se pode obter toda a diferença. Vale a pena citar alguns exemplos a partir do que as passarelas de Milão apresentaram ao mundo.

Vamos começar falando sobre cores?

Gucci, verão 2012/13: as cores aparecem isoladas compondo os looks.

Salvatore Ferragamo, verão 2012/13: a tendência color blocking não é algo novo, inclusive para coleções masculinas, mas essa mistura de cores em uma mesma produção foi a proposta da marca para alegrar as produções.

É possível falar em uma verdadeira explosão de cores. Elas apareceram misturadas no mesmo look ou isoladas, mas o certo é que estiveram lá presentes em cartelas de cores vibrantes. Cores que alguns podem considerar como femininas e tons fluo apresentadas como propostas para serem usadas no dia a dia.

Eis uma das novidades presentes nos detalhes, como foi dito anteriormente aqui. Se a modelagem dos looks não varia consideravelmente, a questão cor representa um detalhe que alegra os nosso olhos e enche de vibração e energia uma produção masculina que poderia ser apenas mais uma entre tantas outras já vistas.

Looks brilhosos para os homens?

À esquerda dois looks de Ermenegildo Zegna e à direita, duas criações da Burberry Prorsum. As marcas investiram fortemente no brilho metálico para vestir os homens.

Certamente, quando os primeiros looks da Burberry Prorsum entraram na passarela, o clima deve ter sido de estranhamento. É isso mesmo? Roupas em tons metálicos e brilhosos para os homens?

As marcas que apostaram nessa ideia, ao propor tons metalizados parecem querer quebrar com uma outra característica também marcante da moda masculina: o fato de a mesma normalmente apresentar uma elegância contida e, por vezes, monótona. Assim, por que não criar looks brilhosos para vestir os homens?

Looks monocromáticos: nem só de roupas coloridas vive o homem!

Looks full white de Bottega Veneta (os dois primeiros), Gucci e Ermenegildo Zegna, (os outros dois respectivamente).

Aquela mania de usar preto no inverno e branco no verão vem, primeiro de tudo, do fato que a cor branca, por refletir mais a luz, absorve menos o calor. Em segundo lugar, vem também de uma inspiração que combina com países que têm estações do ano bem definidas. Nestes, quando chega o sol e o calor, as vitrines ficam todas cheias de roupas em tons claros.

Desta vez, no entanto, a proposta branco total, dos pés à cabeça, pareceu conversar um pouco mais com a questão da monocromia dos looks, talvez, essa foi a forma encontrada por algumas marcas para fazer frente às cores e, também, para agradar àqueles que ainda não conseguem se sentir tão à vontade diante de certas novidades e, para estes, certamente que o uso de roupas coloridas não é ainda uma ideia muito bem vinda.

Fotos: Reprodução

Gucci, inverno/2011: luxo, sensualidade e poder.

Padrão

   

A semana de moda de Milão começou hoje e logo no primeiro dia do evento tivemos o desfile da Gucci. Que ótimo início, não?

Para a temporada de inverno/2011 Frida Giannini apresentou uma espécie de return aos anos 70 com forte inspiração no luxo estilo glam. Assim, se viu looks carregadíssimos em tudo aquilo que a Gucci produz e sempre com sucesso junto ao seu público feminino: para cada produção que surgia na passarela, eis uma bolsa diferente e, em quase todos os outros, variações de chapéu, óculos e sapatos. Uma verdadeira profusão de cores e materiais para encher os olhos e os desejos consumistas mais afoitos por novidades. E por falar em colorido, a cartela de cores foi o ponto forte desta coleção e está realmente maravilhosa.

  

E como se já não estivesse tudo bem para a Gucci, a grife deixou para o grand finale as suas produçãos para a noite. Com muitos vestidos longos, cheios de generosos decotes, transparências e fendas, feitos para conquistar e seduzir, a grife terminou apresentando uma das coleções mais desejadas com certeza, pelo menos até o momento nesta semana de moda.

  

Isso é a Gucci! Sua coleção de inverno/11 mostrou bem que a marca segue fortíssima como um dos principais nomes da moda italiana, (re)criando a imagem de uma mulher quente, sexy, ao mesmo tempo aristocrática e que não espera (e nem consegue), de forma alguma, passar sem atrair olhares.

Fotos: Reprodução

Imagem do dia: a capa da última Vogue Paris de Carine Roitfeld

Padrão

 

 

 

Dando um tempo nos posts sobre os desfiles da semana de moda carioca, eis o último trabalho de Carine Roitfeld antes de a mesma haver deixado em definitivo a Vogue Paris: a edição de fevereiro/2011 com Lara Stone na capa clicada por Mario Sorrenti em make colorido combinando com o look Gucci que ela veste: bem sexy, para deixar registrada a marca de Carine nas capas e editoriais da revista.

Lara Stone usando um mega decote e barriga de fora em cenário primaveril ao fundo, só mesmo Carine para conceber algo assim. Vamos aguardar para ver como virá a edição de março/2011, agora com o toque de Emmanuelle Alt.

Foto: Reprodução

Pernas masculinas à mostra no verão 2011

Padrão

A moda masculina para o verão parece ter voltado a valorizar a imagem do homem atraente, seja ele musculoso ou não, que sabe valorizar e mostrar com segurança o corpo. Tudo isso começou na semana de moda masculina de Milão em junho deste ano, onde se viu que as bermudas curtas (ou encurtadas através do uso das chamadas barras italianas, ou seja, as barras das pernas da bermuda enroladas para fora), as blusas com decotes cavados e os blazeres de mangas encurtadas (puxadas para cima) despontaram como mega tendências para o menswear no verão europeu, mas que podem perfeitamente (e devem!) ser usadas por aqui também.

No caso das bermudas com as barras enroladas, as tais barras italianas, as mesmas conseguem dar um visual bem jovem ao look, seja em bermudas ou em calças, sendo também algo fácil de se fazer. A única “contra-indicação” desse look, digamos assim, é para os mais baixos, pois o visual vai ficar achatado e, assim, desfavorecido.

Grifes internacionais como D&G, a Louis Vuitton e a Gucci deram boas demonstrações dessas tendências durante as apresentações das coleções masculinas em Milão. Aqui, marcas como a TNG e a Ellus também apresentaram ótimos looks inspirados na idéia de encurtar as bermudas e (re)descobrir as pernas masculinas como o foco das atenções para as coleções de verão 2011. A ordem é: homens, mostrem as pernas!

 

Dolce & Gabbana

 

 

Louis Vuitton

 

 

Gucci

 

 

TNG

 

 

Ellus

Fotos: Reprodução

Animal print para os homens. Sim, por que não?

Padrão

 

Não é comum por parte das grifes lançarem muitas opções entre roupas e acessórios masculinos como bolsas, por exemplo, em animal print. Para quem curte, a coleção da Gucci desfilada durante a semana de moda masculina de Milão em janeiro deste ano mostrou algumas boas opções entre elas a pasta e o blazer mostrados nas fotos acima. São uns senhores objetos de desejo, não?

Fotos: Reprodução (Style.com)