Arquivo da tag: Estilo

Futebol e moda: alguns astros da Copa 2014 e seus estilos

Padrão

Em plena Copa do Mundo da FIFA, não há dúvidas de que o futebol é, mundialmente, o esporte mais popular. Do mesmo modo, não restam dúvidas de que uma verdadeira indústria bilionária gira em torno dele. Assim, como uma verdadeira fábrica de atletas estrelados, os jogadores possuem status de celebridade e brilham não só dentro do gramado, mas também fora dele.

Como toda celebridade, esses atletas buscam, cada vez mais, investir pesadamente em suas imagens e é aqui que entra a moda nessa história. Como não interessa brilhar apenas durante as partidas, já faz um tempo que eles se apropriaram do universo da moda, seja em campanhas, capas e editoriais de revistas etc. Um dos exemplos mais icônicos de jogador de futebol fashionista é o inglês David Beckham, famoso por seu estilo metrossexual e por seu apego à moda. Depois de se aposentar, ele começou a atacar como designer, assinando linhas de underwear para a H&M e roupas masculinas para a Belstaff.

Seja por influências vindas de Beckham ou não, a forma como alguns jogadores lançam mão da moda para compor seus looks chama a atenção e, assim, este post selecionou alguns atletas que, no quesito fashion, são tão bons quanto no esporte que praticam. Vamos a eles!

SAMUEL ETO’O – SELEÇÃO DE CAMARÕES

Imagem

Eto’o faz o estilo gangstar e usa muitas peles, sobretudos, chapéus. Tudo de grife. O seu gosto é por peças escuras e boas doses de irreverência.

 

CLAUDIO MARCHISIO – SELEÇÃO ITALIANA

Imagem

Marchisio faz o estilo tradicional com o uso de coletes, gravatas, malhas e até um lencinho no bolso do paletó. A jovialidade ficam por conta dos óculos moderninhos e dos cabelos para cima.

 

DANIEL ALVES – SELEÇÃO DO BRASIL

Imagem

O time brasileiro está muito bem representado no quesito fashion por Dani Alves. Ele faz o tipo que adora moda e não tem medo de ousar. Ternos coloridos, legging em animal print, botas, jaquetas e coletes, além de acessórios como braceletes, óculos escuros e seu já famoso par de brincos de brilhante fazem parte de sua produção.

 

DIDIER DROGBA – SELEÇÃO DA COSTA DO MARFIM

Imagem

Em se tratanto de moda é um dos mais discretos mas não menos estilosos. Ele aposta em paletós de apenas um botão e camisas impecáveis. Esbanja elegância seja com ternos coloridos ou com o sempre correto preto.

 

ANDREA PIRLO – SELEÇÃO DA ITÁLIA

Imagem

Pirlo é o mais velho deles e o que melhor sabe fazer uso das peças clássicas usadas de forma despojada. Autêntico italiano, ele completa o seu estilo com os cabelos bem cuidados e os óculos escuros. O atleta também já participou de campanhas de underwear para a Dolce & Gabbana, que veste os jogadores da Itália.

 

Fotos: Reprodução

Anna Piaggi: “Ela é uma das possibilidades do que a moda pode ser”.

Padrão

Em um momento no qual o valor comercial pesa muito mais na balança da moda do que a criatividade, a perda de uma grande visionária é de se lamentar. É o que se pode falar sobre Anna Piaggi que morreu hoje aos 81 anos em seu apartamento em Milão.

Piaggi era conhecida por seus looks excêntricos, exuberantes, criativos e originais, que a acompanham desde jovem. Sua coleção de roupas é famosa, assim como famosas são as verdadeiras lendas que contam que Anna tinha um closet com quase três mil vestidos. Jamais foi vista repetindo uma roupa, o que lhe rendeu até uma exposição no Victoria and Albert Museum, em 2006, em Londres. Muito antes, em 1986, Karl Lagerfeld já havia publicado seu “Fashion Journal”, dedicado a 10 anos de Anna Piaggi e seus figurinos, em uma coleção de centenas de ilustrações e sketches.

Colunista da revista Vogue Italia, ela era responsável pela famosa “Página Dupla”, da publicação – ou “D.P. Doppie Pagine di Anna Piaggi”. Anna tinha na Vogue italiana seu canal fixo para exercer seus pensamentos e ideias com total liberdade de expressão. Não só seu estilo, mas também suas palavras, sempre causaram admiração e impacto na indústria da moda. Como consultora criativa da revista, emocionou, incomodou, enlouqueceu e embelezou o mundo fashion.

Entre seus fãs declarados, estão Karl Lagerfeld, Dolce & Gabbana, Anna Dello Russo, Manolo Blahnik, que a chama de “inacreditavelmente moderna”, Bill Cunningham a chamava de “a poeta das roupas”, além do chapeleiro britânico Stephen Jones que  declarou: “Ela é uma das possibilidades do que a moda pode ser”.

Na galeria abaixo alguns clics de Anna Piaggi e seus looks incrivelmente únicos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

The look: o estilo inconfundível de Iris Apfel

Padrão

Iris Apfel é a mais nova pessoa a dar nome a uma coleção da M.A.C. e, se isso aconteceu, p mptivo é claro: o nome dela está sempre associado com a sua figura. Decoradora por profissão, Iris exibe do alto dos seus 90 anos uma maneira de se vestir autêntica e cheia de personalidade. Algo que chama a atenção mesmo, principalmente considerando a sua idade etc.

A coleção, que chega às lojas nos EUA no próximo dia 5 de janeiro, inclui 20 itens, entre eles, batons, sombras, lápis, blushes, um rímel e alguns esmaltes, todos dentro de uma cartela de cores vibrantes, cuja variedade vai do vermelho ao azul. Bem ao gosto de Iris.

Novaiorquina de 90 anos, ela é um verdadeiro ícone de estilo. Filha única de comerciantes, Iris estudou História da Arte na Universidade de Nova York, lidando com estética e imagem desde jovem. Trabalhou no respeitado jornal Woman’s Wear Daily, além de trabalhar para o designer de interiores  Elinor Johnson. Além de abrir uma empresa de tecidos com seu marido, Carl Apfel. Iris trabalhou também com consultoria de imagem para a Casa Branca, lidando com presidentes como Richard Nixon, John F. Kennedy e Bill Clinton. Até hoje seus acessórios pitorescos e suas combinações únicas são referencias de moda e estilo.

Imagens: Reprodução

The look: Florence Welch

Padrão

Florence Welch, vocalista da banda inglesa de indie-rock “Florence and the Machine” é uma daquelas pessoas de quem se pode dizer que possui estilo de sobra. E se o seu sucesso também tem se refletido sobre o trabalho (o último álbum da banda, chamado “Lungs”, atingiu o 1º lugar nas paradas londrinas), o mesmo se pode dizer do guarda-roupas da menina. Peças vintage de aspecto romântico ao lado de looks góticos e com forte pegada rocker, fazem parte das suas produções e tudo isso sem deslizes.

Com estilo suficiente para não errar, Florence soma pontos também quanto ao seu visual: cabelos ruivos e olhos bem marcados tornaram-se sua marca registrada e com tudo isso ela se tornou figura frequente nos eventos de moda mais bombados do planeta fashion.

Na galeria abaixo, segue um pouco mais de Florence Welch e seu visual antenado:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Fotos: Reprodução

Elizabeth Taylor: diva do cinema e ícone de estilo

Padrão

Uma das grandes divas do cinema mundial faleceu hoje. Elizabeth Taylor que protagonizou cenas inesquecíveis no cinema nos deixa com a lembrança eterna da sua beleza e de seus inconfundíveis olhos azuis (os olhos de violeta, como também são chamados). De personalidade forte, seu nome marcou para sempre o cinema mundial bem como a moda. Aliás, com um estilo incontestável, a atriz nunca escondeu sua paixão por diamantes e por excessos de todos os tipos, seja nos cabelos, na maquiagem, nas roupas ou na quantidade de joias.

Inglesa de nascimento, mas filha de pais americanos, Liz Taylor foi para os Estados Unidos fugindo da segunda guerra mundial. Em 1942 estreou nos cinemas em “There´s one born every minute“, aos dez anos de idade, mas a fama só veio mais tarde quando ela interpretou o papel de uma jovem amazona em “A mocidade é assim mesmo” (1944).

O seu auge como atriz foi nos anos 70 e ela conseguiu ganhar dois Oscars, um pelo filme “Disque Butterfield Oito” (1960), interpretanto uma prostituta de luxo, e outro pelo papel de mulher alcóolatra em “Quem tem Medo de Virgínia Woolf?” (1963). Além desses filmes, sem dúvida o seu papel mais popular e o que a tornou ainda mais conhecida, foi como Cleópatra no filme homônimo de 1963, tornando-se a primeira estrela a receber 1 milhão de dólares por um único filme!

Enfim, como nem sempre o sucesso profissional caminha junto com a alegria na vida pessoal, Liz Taylor passou por momentos muito turbulentos. Se casou oito vezes. Abusou de bebidas alcóolicas e antidepressivos. Em seus últimos anos de vida esteve internada por várias vezes devido a um problema cardíaco. Sua última aparição nos cinemas foi em 1995 em uma pequena participação no filme “Os Flinstones“.

Hoje Elizabeth Taylor repousa e para todos aqueles que, como eu,  aprenderam a adimirar o seu talento e a sua beleza única nas telas dos cinemas, fica aqui registrada uma sincera homenagem. Morre a mulher Elizabeth Taylor, mas permanece vivo o mito que ultrapassou os limites das telas e de Hollywood.

 

Fotos: Reprodução

Lady Gaga em “versão” masculina para a Vogue Hommes Japan

Padrão

Esqueça toda a produção com a qual você está acostumado a ver Lady Gaga em suas aparições públicas e nos ensaios que a diva pop já fez, a exemplo do último para a Vanity Fair. Pelo menos se considerarmos o trabalho que a artista fez para a Vogue Hommes Japan é melhor esquecer mesmo. É que ela está irreconhecível em sua “versão” masculina com a qual Gaga aparece na capa, ou melhor, nas duas capas da edição de setembro/2010, e no recheio da revista.

De cabelos curtos e escuros, obtidos através do uso de uma peruca, ela aparece assumindo a persona de Jo Calderone, um mecânico italiano que está sendo fotografado pela primeira vez, personagem criado pela própria Gaga. Os clics são de Nick Knight e o styling (claro!) é de Nicola Formichetti.

 

 

As diferenças na aparência começam nas capas da Vogue Hommes Japan e da Vanity Fair…

 

 

 

… e continuam no visual que a diva assume como Jo Calderone no recheio da publicação e nos looks inusitados que costuma usar em suas aparições públicas.

Fotos: Reprodução

Estilo: O que os homens vestem em São Paulo?

Padrão

Depois de ter mostrado em um outro post um pouco do estilo da moda masculina clicada nas ruas de Madrid, desta vez o foco foi as ruas de São Paulo, para ver como os homens se vestem. É interessante notar que não se percebeu uma mistura tão grande de estilos e tendências, por outro lado, é visível que em se tratando de moda, os paulistanos mostram estarem ligados em conforto e descontração na hora de montar o look do dia-a-dia.

Abaixo, alguns exemplos:

  

  

 

Em seguida, os detalhes mais interessantes dos looks clicados. Como destaque, os tênis da Prada:

 

E aqui, mostrando que a tendência das maxibolsas masculinas já pegou, o modelo da Lacoste:

Fotos: Reprodução