Arquivo da tag: Dior

Um pouco das melhores campanhas de moda de 2012

Padrão

Com 2013 chegando, que tal relembrar as campanhas de moda que marcaram este ano? Grandes fotógrafos, modelos e marcas se empenharam para criar trabalhos recheados de imagens, criatividade e inovação. Entre tantas campanhas legais, não é tão simples escolher as melhores, assim, selecionei nas imagens abaixo algumas das que mais me agradaram.

O que acharam?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Imagens de alta-costura registradas em Polaroids

Padrão

Em seu novo livro “Haute Couture: The Polaroids of Cathleen Naundorf”, a fotógrafa alemã apresenta uma seleção de imagens que representam maravilhosamente o universo da alta-costura. As fotografias foram feitas com o uso de câmeras do tipo Polaroid e, assim, ela obteve imagens únicas, cujas imperfeições inerentes ao processo de revelação foram descritas pela própria como “um gesto de homenagem à natureza única da moda de alta-costura”.

As imagens, cujo trabalho de composição e iluminação refletem a formação de Naundorf, que teve como mentor o fotógrafo Horst P Horst, foram compiladas dentre mais de 150 sessões realizadas ao longo de cinco anos, com acesso irrestrito aos arquivos de seis grifes: Armani, Chanel, Dior, Lacroix, Elie Saab e Valentino. Veja algumas delas abaixo e se maravilhe com a beleza das imagens!

“My Little Darling”, Dior por John Galliano (2009)

“Secret Times (Grand Palais I)”, Chanel (2010)

“La Nuit Blanche”

“L’Enfant Terrible”

“Le Miroir Vivant I”

“Moulage de Louvre”

“Les Mariées”

“An Ordinary Day”

“The Modern Bride I”, Gaultier (2008)

Dior: Secret Garden

Padrão

Dior e o palácio de Versailles possuem uma história próxima desde o começo da maison.  O local já serviu de inspiração (e cenário) em diferentes momentos da história da Dior, como no histórico desfile que comemorou os 60 anos da grife, em 2007 e no filme mais recente da campanha do perfume J’Adore, estrelado por Charlize Theron.

Retornando ao local, a dupla de fotógrafos Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin trouxeram a grife de volta à grandiosa locação para um novo filme. Trata-se de Secret Garden – Versailles (vídeo acima). Em ação, as modelos Daria Strokus, Melissa Satsiuk e Xiao Wen Ju dividem a cena com looks e acessórios do inverno 2012 da Dior em imagens rodadas pelos salões, nas escadarias e no famoso jardim do palácio. Inspirador!
Vídeo da campanha do perfume J´Adore!
Look da coleção comemorativa pelos 60 anos da marca, em desfile no palácio de Versailles
Vídeos e  imagem: Reprodução

Publicado: Kate Moss para a campanha do batom Dior Addict

Padrão

Enquanto ainda não são publicadas as fotos feitas por Mario Testino com a super top Kate Moss para a edição de aniversário da Vogue Brasil, a modelo pode ser vista estrelando a campanha do batom Dior Addict. O filme, dirigido por Jonas Akerlund (o mesmo que já assinou alguns clipes de Madonna), mostra Kate está em Paris assistindo ao desfile de verão da Dior.

Este parece ser a versão final do vídeo, a contar por sua duração. Além disso, devido as legendas que o mesmo apresenta, ele parece ter sido concebido para o mercado asiático.

Dior haute couture

Padrão

 

 

A semana de alta costura de Paris é única, incrível. Há sempre muito o que se ver (e sobre o que comentar) seja das pessoas que se vê nas ruas, próximas ou não aos locais onde ocorrem os desfiles, seja das próprias coleções apresentadas. Sobre estas é impossível não olhar de forma diferenciada e não comentar nada acerca do desfile de alta costura primavera-verão/2011 da Dior.

O luxo, a grandiosidade e tudo aquilo que aprendemos a definir como haute couture sempre se mostra presente nas criações de John Galliano. Ele é o grande criador de roupas feitas mesmo para fazer sonhar. Por vezes o próprio Galliano parece sonhar demais na espécie de devaneio fashion que acredito tomar conta dele e inspirá-lo ainda mais em sua genialidade. Se por um lado suas criações se mostram em alguns casos tão distantes do mundo real, só podendo ser concebidas para a passarela, por outro o designer parece ter o poder de conseguir traduzir, de alguma forma, os desejos mais incontidos das mulheres que amam a Dior.

Em mais uma semana de alta costura francesa o Musée Rodin foi hoje novamente o cenário do desfile da Dior, que veio inspirado no trabalho do famoso ilustrador italo-francês René Gruau (papa da ilustração de moda e amigo pessoal de Christian Dior)  servindo de ponto de partida para John Galliano que concebeu uma coleçãode ares retrô, bem anos 50.

A cintura marcada, as saias amplas e os decotes “bustier” exemplificam bem a inspiração 50´s e foram os pontos fortes dessa coleção onde o vermelho-alaranjado veio misturado ao bege, ao azul-cinza, ao verde esmeralda e até mesmo ao marrom em looks grandiosos e cheios de muito luxo e glamour, característicos da mulher Dior. Haute couture pura!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vogue UK: Wild Romance por Paolo Roversi

Padrão

Incrível é talvez a palavra que melhor descreve o editorial “Wild Romance” publicado na edição deste mês da Vogue UK que antecipa as principais peças da temporada onde as peles estão predominando ao lado de malhas oversized com muitas camadas de texturas diferentes.

As fotos foram feitas por Paolo Roversi e o styling é de Lucinda Chambers que se apropriou de looks das grifes Marni, Ralph Lauren, Dior e Alberta Ferretti que estabelece o cenário perfeito para a temporada iminente ao criar uma atmosfera de celebração do amor em um ambiente rústico.

 

Fotos: Reprodução

Paris haute-couture: Dior, fall-winter 2010

Padrão

Assisitir a um desfile de alta-costura da Maison Dior é sempre um convite ao sonho e ao encantamento e em se tratando da coleção de inverno 2010 sonho e encantamento são palavras que a definem muito bem, pois se mesmo diante da expectativa pessimista diante da economia global John Galliano conseguiu transportar o público para um mundo a parte durante a apresentação de sua haute-couture 2009, o mesmo se deu desta vez.

Luxo, opulência, feminilidade, tudo isso esteve bem presente na passarela da Dior que apresentou sua coleção em uma enorme tenda montada nos jardins do Museu Rodin, em Paris. Os looks vieram cheios de cor, inspirados nas formas e no colorido das flores, basta notar os cortes em formatos que lembram pétalas que em conjunto formam as saias e os corpos de alguns vestidos. Pura magia! Roupas que podem ser consideradas como que jóias raras, cuidadosamente trabalhadas resultando em uma peça única. Nada de sutilezas e tudo de grandiosidade!

Quanto às cores, outro encantamento. Mais uma vez a comparação com o colorido das flores torna-se evidente. Efeitos em tye-die trouxeram um ar primaveril para uma coleção de inverno. E para quem poderia continuar com os brados de que a alta-costura morreu, Galliano deixa o recado: a alta-costura continua mais viva que nunca e, em se tratando da Dior, cor, glamour, exageros, enfim, VIDA, são adjetivos mais do que marcantes e apropriados.

Por fim, fica a deixa: Moda pode ser comparada às obras de arte? Para alguns não, para outros (entre os quais eu também) sim. Mas questionamentos e conceitos a parte o certo é que cada criação de alta-costura da Dior lembra em muito uma tela pintada a óleo onde cada traço, cada forma e coloridos são únicos. Na verdade, coleções assim nos levam a um escapismo diante da realidade e nos fazem pensar que estamos diante não apenas de um desfile de moda, mas de um desfile sobre a moda.

  

  

  

Fotos: Ana Clara Garmendia