Arquivo da tag: Carine Roitfield

The look: Paris FW, S/S 2012, Carine Roitfield e seu street style de luxe

Padrão

A semana de moda de Paris nunca cansa. Sempre tem algo para se ver e comentar, seja dentro ou fora das passarelas. A cidade eternamente linda, fica ainda mais fantástica com tanta movimentação e o corre corre frenético de fashionistas, modelos, fotógrafos, jornalistas e editores de moda, todos ávidos para não perder nada do que se passa pela cidade durante a sua fashion week.

Em meio a tanta movimentação e tanta gente interessante, bons looks nas ruas é o que não falta. Para quem AMA street style o lugar é Paris, com certeza… Queria postar sobre todos os looks que se vê nas ruas da capital francesa, mas isso resultaria em um post, ou em uma sequências de posts gigantescos, dada a quantidade de imagens que teria para postar. Assim, escolhi apenas uma persona, ninguém mais e ninguém menos que Carine Roitfield, a célebre ex-editora chefe da Vogue Paris.

Ela é a eleita de 10 entre 10 blogueiros de moda que têm em sua pessoa a concretização daquilo que se gosta de ver por aí: estilo e elegância sempre muito bem dosados, sem exageros e com total bom gosto, pois em todos esse quesitos, não tem jeito, Carine é hour concour (always!).

Confira abaixo alguns exemplos disso:

Fotos: Ana Clara Garmendia (Moda Paris) Reprodução

Após uma década o reinado de Carine Roitfeld na Vogue Paris chega ao fim

Padrão

Dificil imaginar uma revista do porte da Vogue Paris sem uma editora-chefe como Carine Roitfeld. Hoje (17.12), apos 10 anos no cargo, ela anunciou que deixará a revista nos proximos dias, segundo publicou o site da Vogue Paris.

Segundo a própria Carine a saida teria sido motivada por sua vontade em poder vir a se dedicar a projetos pessoais. A editora Condé Nast, responsável pela revista, em nome de Xavier Romatet, lamentou a decisão, mas procurou demonstrar compreensão. Segundo ele “uma página é virada e uma nova etapa começa para esta marca sólida, poderosa e certa de seus valores”. Especulações à parte, não há ainda nenhum nome para a provável substituta de Carine.

Amada por muitos, considerada uma das mulheres mais elegantes da França e dona de um estilo marcante, que se diferencia da classuda e arrogante Anna Wintour, bem da desinibido e exageradamente fashion Anna Dello Russo, Carine Roitifeld foi a responsável por levantar e renovar o prestígio da Vogue Paris durante os 10 anos em que esteve a frente da revista. Os editoriais de moda cheios de sensualidade e ousadia, sem dúvida serão uma das marcas da Vogue francesa durante o período em que a mesma teve Carine como sua editora-chefe, perpetuando o seu nome como uma das persoalidades mais importantes dentro do mercado editorial de moda.

Fotos: Reprodução

Clima fetichista e polêmica na Vogue Paris de dezembro/2010

Padrão

Para um ensaio fotografado por Terry Richardson não se pode esperar mesmo que não haja cenas de nudez, ousadia e referências sexuais. Assim, o trabalho do fotógrafo para a edição de dezembro/2010 da Vogue Paris não foi diferente. Carine Roitfield, excepcionalmente, abriu mão da edição, a qual ficou nas mãos do estilista Tom Ford, modelos como Abbey Lee Kershaw, Crystal Renn e Eniko Mihalik posam sensuais em clima de velho oeste fashion.

Quando vi a capa da Vogue Paris deste mês homenageando Tom Ford, já imaginava que ela viria certamente com algum ensaio ou editorial repleto de looks assinados por ele. Também imaginava um clima polêmico e sensual para as fotos, já que o estilista adora usar tais artifícios em suas campanhas, mas o que eu não esperava é que a homenagem fosse tamanha a ponto de a edição do trabalho ficar a cargo de “monsieur” Ford. Não que eu tenha algo contra por isso. Em absoluto! Mas é de se considerar que trata-se de algo não usual.

Voltando a falar das fotos, em uma delas as meninas marcam as iniciais “TF” (de Tom Ford) nas nádegas de um modelo com ferro quente. Há também uma cena de enterro, tiros e um beijo gay entre Tom Ford e Richardson, para arrematar bem o clima de polêmica no ensaio e chamar a atenção.

A Vogue Paris costuma mesmo ser transgressora em muitos aspectos e ter uma pegada mais sensual em seus ensaios e editoriais, algo que já é bem conhecido de quem acompanha a revista. Como exemplo recente disso basta lembrar da edição de outubro passado, em comemoração aos 90 anos da publicação, na qual Lara Stone estrelou um ensaio cheio de erotismo e fetiches sexuais. Talvez, essa repetição vista na edição de dezembro tenha a ver, como já falei antes, do fato de Tom Ford ter ficao com a reponsabilidade sobre a edição e também por ele ser um dos que adoram usar o tema sexo/provocação/polêmica em suas campanhas. Afinal, o sexo na publicidade de moda sempre ajuda muito a vender…

 

Vogue Paris, outubro/2010: puro fetiche!

Padrão

A edição comemorativa pelos 90 anos da Vogue Paris, a começar pela sensual capa, mostrou a que veio. Em um ensaio pra lá de transgressor e fetichista, que flerta com questões tais como crossdressing e sadomasoquismo, a publicação “brinca” com as questões de gênero ao colocar a top Lara Stone cercada por homens usando cintas-liga e rastejando aos pés da modelo. Em outra cena, um casal de homens vestindo roupas femininas encenam um beijo gay.

Os clics são de Steven Klein e a editora-chefe Carine Roitfield parece não ter poupado esforços para conceber um editorial que ao enveradar pela temática dos fetiches sexuais, tem tudo para chamar a atenção e levar, mais uma vez, o nome da Vogue Paris para o das revistas de moda que transgridem e inovam.

Vogue Paris: 90 anos

Padrão

 

E como se já bastassem a quantidade de festas que ocorrem em Paris durante a sua fashion week (E não bastam mesmo, pois é cada uma melhor que a outra!) eis mais um motivo justíssimo para estar aqui: a comemoração dos 90 anos da Vogue Paris. Não é sempre que uma revista de moda, em meio a tantas concorrências que existem dentro do mercado editorial, consegue chegar aos 90 anos com o mesmo sucesso de sempre e cada vez melhor! É lógico que só o nome VOGUE já possui um peso inquestionável, mas também não se pode desconsiderar a importância do trabalho das editoras de moda que fizeram e fazem a revista caminhar e se tornar o sucesso que é, entre elas a atual editora, Carine Roitfield.

Falando sobre a  revista em sua edição de outubro, comemorativa aos seus 90 anos, a sensual capa é estrelada por Lara Stone clicada pela dupla Mert Alas & Marcus Piggott. Mais uma vez Carine Roitfield lançou mão do seu bom gosto ao escalar uma top da grandeza de Lara para estar na capa de uma edição tão icônica. A máscara de renda usada por ela é como se fosse, na verdade, um convite para o “baile de máscaras” que acontece no recheio da publicação, em seu principal editorial de moda, também clicado por Mert & Marcus e com a participação de figuras mais do que famosas dentro do mundo fashion, entre as quais as tops Freja Beha, Mariacarla Boscono, Crystal Renn e Daphne Groeneveld.

As imagens desse editorial são incrivelmente maravilhosas, expressam uma aura de pecado e castidade, mas com tudo muito bem dosado e sem ser fetichista. Também refletem toda a maestria e o perfeccionismo de Carine Roitifield. É sem dúvida uma edição que faz jus à sua importância e à sua história.

 

Fotos: Reprodução

The look: Carine Roitfield no fashion show da Max Mara em Milão

Padrão

 

Não preciso de muitas palavras para demonstrar que adoro ver a Carine Roitfield arrasando no look por aí… O casaco em animal print (Dior) foi a peça principal da produção que ela usou para comparecer ao desfile de Max Mara em Milão. Arrasou!

E por falar em animal print, parece que a estampa que imita a pelagem de um leopardo está entre as queridinhas da editora de moda. Ela usou um modelo parecido em NY, durante a semana de moda.

The look: Carine Roitifield

Padrão

Nossa! Em meus posts sobre street style aqui eu jamais pensei ter neles a maravilhosa Carine Roitfield. Pois bem, nos dias que se seguiram na semana de moda de NY foi possível obter clics da top editora da Vogue Paris em algumas das suas aparições nos desfiles.

Como sempre elegante e arrasando nos looks, Carine deu mais uma vez boas lições de como usar a moda ao nosso favor ao se produzir toda com as últimas tendências, do militarismo ao animal print.

 

 

Fotos: Reprodução