Arquivo da tag: Alexandre Herchcovitch

SPFW, verão 2012/13: Alexandre Herchcovitch, Boy George e anos 80 na passarela

Padrão

Logo no primeiro dia de SPFW inverno 2012/13, Alexandre Herchcovitch apresentou uma coleção com cara de anos 80, cheia de cores e padronagens reverenciando um dos ídolos do estilista, o cantor britânico Boy George que serviu de inspiração para esta coleção.

  

A inspiração neste caso, como é de se esperar dos trabalhos de Herchcovitch, não é óbvia. Ela aparece em referências aos anos 80 através das proporções, das cores (muitos tons flúor), das ombreiras, dos quadriculados e dos chapéus criados pelo britânico Stephen Jones.

  

Herchcovitch nos mostrou, mais uma vez, por meio desta coleção, que fazer moda requer boa dose de paixão por aquilo que se faz, além de muito bom senso quando se pensa em homenagear uma personalidade através de um trabalho de estilismo, sem exageros e sem ser literal naquilo a que se propõe. Genial!

Fotos: Reprodução

Anúncios

DESEJO DO DIA: as bolsas com estampas de caveira de Alexandre Herchcovitch

Padrão

Este post é só para registrar uma tendência que atualmente está entre as minhas preferidas. Me refiro ao caveirismo, tendência que já foi assunto de um outro post aqui no blog e que nesta edição de verão do Fashion Rio esteve muito bem representada pelas bolsas da coleção de Alexandre Herchcovitch. O legal é que a proposta não ficou restrita somente às mulheres, os meninos também entraram na passarela com lindas bolsas com estampa de caveira. ADOREI!

Fashion Rio, verão/2013: estampas

Padrão

Um dos detalhes que mais chamou a minha atenção nos desfiles de verão/2013 apresentados no Fashion Rio, foi a estamparia.  Seja nas coleções masculinas, seja nas femininas, elas estiveram bem presentes e nos mais variados estilos adiantando algo que será mais do que visto nos looks do próximo verão: a variedade de cores, desenhos e formas.

Para este post, separei algumas imagens que exemplificam bem o que está sendo tratado aqui. Como citei acima, as opções são muitas. Vão deste os florais, passando pelos abstratos e os étnicos.

R. Groove

A marca sugeriu uma estamparia atual que varia dos tons quentes (com cara de verão) e imagens de coqueiros, aos escuros, lançando mão da estampa cashmere em sua pegada oriental.

 

Ausländer

Até bem pouco tempo, quando se pensava em estampa floral para compor looks masculinos, logo se apostava no liberty. Pois bem, a Ausländer, embora não tenha inovado, sugeriu os florais em camisas e bermudas. O resultado? Uma imagem atual para o homem, além de criar roupas que fogem com a tradicional idéia de que os looks masculinos devem ser, necessariamente, mais sóbrios e contidos.

 

Alexandre Herchcovitch

A inspiração do estilista sobre o oriente não poderia ter sido melhor traduzida. A coleção de verão/2013 de Herchcovitch foi longe, mais precisamente às tribos de Tuaregs dos desertos do Marrocos, para criar looks estampados com imagens que remetem ao mapa mundi e às bem tradicionais estamparias étnicas, bem típicas dos tecidos indianos.

 

Sacada

Marrocos e o oriente também estiveram entre as inspirações da marca. Assim, os mosaicos cheios de cores, típicos de cidades como Marrakesh, serviram na criação da estamparia que a Sacada sugeriu para o seu verão, com muito jogo de cores e diversidade de materiais.

 

Fotos: Reprodução

Tendência do momento: caveirismo

Padrão

Coleção inverno/2010-11 de Alexandre Herchcovitch na SPFW

Está super atual o uso de estampas de caveiras em roupas e acesórios e mesmo com todo o sucesso que essas imagens vêm fazendo, ainda é meio incerto apontar como elas se tornaram tão recorrentes na moda, havendo ainda muitas dúvidas sobre a maneira correta de usá-las, para que o visual não se torne muito pesado, afinal, as caveiras estão normalmente ligadas a ideias como morte, tristeza e outras nada agradáveis, convenhamos…

Passando para o universo da moda, ideías negativas são tudo o que não se busca ao recorrer às caveirinhas e o sucesso que elas vêm fazendo é tamanho que já existe até mesmo um nome que define a estampa e os demais acessórios com esse motivo, trata-se do “caveirismo“, verdadeira febre entre os mais estilosos.

Mas se anteriormente as caveiras apareciam sempre ligadas a punks e góticos, entre bandanas, lenços e t-shirts, na atualidade elas alcançaram o posto de item de desejo fashionista e o caveirismo traz graça e modernidade a camisetas, bolsas, jóias, bijuterias e tantos outros acessórios.

Aqui no Brasil a moda pegou mesmo graças ao estilista Alexandre Herchcovitch que adotou as caveiras como a principal estampa para a sua marca. Lembram do desfile masculino do estilista na edição de inverno 2010 da SPFW, onde as caveiras apareciam no make que os modelos usaram? Internacionalmente o designer britânico Alexander McQueen que há várias temporadas utiliza as caveiras como sua marca registrada, adornando fechos de bolsas, lenços, jóias e outras peças do vestuário, como nas imagens abaixo, foi um dos principais nomes da moda mundial responsáveis pelo boom que as caveiras alcançaram na moda mundial.

Algumas criações de Alexander McQueen, sempre com referências às icônicas caveiras, tão marcantes nos trabalhos do estilista.

Mas se para alguns a moda das caveiras agrada, para outros o visual pode parecer muito carregado (pelos motivos expostos anteriormente) e um tanto quanto mórbido ou forçando demais o estilo rocker. Se o problema for esse, vale a pena prestar atenção nas dicas de quem entende do assunto para não errar.

Segundo os consultores de moda e estilo, para garantir um look incrível e que não fique com aquela aparência pesada e desagradável, não existe nenhum segredo, basta fazer um equilíbrio entre as caveiras e tachas com peças mais lisas e básicas. Outro ponto que merece atenção, segundo os especialistas, é o de não usar o caveirismo com tudo muito preto e pesado, pois, além de ser desagradável para um dia de sol, por exemplo, a imagem também não fica nada cool. Assim, vale usar e abusar de combinações com preto e branco que farão grande sucesso nas passarelas das ruas. As imagens abaixo são ótimos exemplos disso:

Das passarelas para as ruas, a tendência do caveirismo logo foi devidamente assimilada por consumidoras ávidas em acompanhar as tendências da moda.

Caveirismo em Estampas

Impossível não falar das roupas estampadas com caveiras, cada vez mais ganahando versões que fogem do óbvio e do básico, alcançando o status de item fashion. Nesse quesito as t-shirts são as peças mais vistas e, por que não dizer, as mais desejadas por aqueles ávidos em aderir ao estilo do caveirismo. Nesses casos as estampas são variadas, agradando aos mais diferentes gostos.

  

Mas para quem pensa que só de t-shirts vive a moda do caveirismo, está enganado. É possível encontrar a tendência também nos mais variados acessórios, para fugir apenas das roupas.

Caveirismo em Acessórios

Os acessórios também ficam muito interessantes com o toque dado pelas caveiras. Seja em calçados, lenços, anéis ou em colares, o look fica  bem atual, só é preciso ter o cuidado de não usar vários itens juntos, pois aí sim o visual vai ficar carregado demais. Na hora de usar os acessórios, o legal é saber dosar e apostar nas caveiras em alguns detalhes apenas.

Abaixo, alguns exemplos:

Finalizando…  Como tudo, em se tratando de moda, o que deve prevalecer na hora de compor um look é o bom senso e o respeito ao estilo pessoal, assim, seja com caveiras ou não, o resultado será sempre um visual não apenas bonito de se ver, mas também de se usar. Fica a dica!

Fotos: Reprodução

Para ver a vida com muito estilo

Padrão

A nova campanha da Chili Beans, intitulada “Hotel Chili Beans”, veio com três linhas assinadas pelos estilistas Alexandre Herchcovitch, Isabela Capeto e Ronaldo Fraga, além do músico Carlinhos Brown. A campanha foi fotografada por Gustavo Zylbersztajn.

Os óculos “Hotel Chili Beans” das linhas assinadas por Herchcovitch e Ronaldo Fraga trazem armações grandes, no melhor estilo retrô, estilo que, com relação aos óculos, começou a ser visto nas passarelas brasileiras ainda no início de 2008 e, diferentemente do que se poderia pensar, se mantem até hoje.

Desde sua primeira linha de óculos de grau, a Chili Beans foi muito feliz. Os modelos óculos agradaram bastante justamente por suas modelagens inovadores, além das cores, verdadeiros itens de sejo para aqueles que precisam de algum grau de correção visual e quer esbanjar estilo!

Na imagem acima, duas modelos usam óculos assinados por Herchcovitch. Lindos, não? E o melhor é que a linha é totalmente unisex!

Imagem: Reprodução

Alexandre Herchcovitch, coleção masculina de inverno/2012

Padrão

O desfile da coleção masculina de inverno 2012 de Alexandre Hechcovitch apresentada na última terça-feira, último dia de SPFW, foi mais um daqueles momentos úncos proporcionados pelo estilista que nos convida a cada coleção a pensar sobre moda e os rumos da mesma na contemporaneidade.

As influências judaicas, provenientes dos 12 anos em que Alexandre estudou em um colégio ortodoxo onde tinha aulas de hebraico com rabinos e estudava em classes somente para meninos, parecem ter sido marcantes nesta coleção. Mesmo não seguindo a tradição ortodoxa, Herchcovitch tem muita proximidade com a cultura judaica e para ele esse é um tema que ia mesmo surgir em algum momento em seu trabalho. O que tudo mostra, é que tal momento chegou e veio sabiamente carregado de referências, embora concebido com certo distanciamento, que resultou em uma das imagens mais fortes da temporada.

Herchcovitch desconstruiu a roupa super restrita dos ortodoxos e incorporou elementos da religião judaica e adereços de reza à sua alfaiataria. Esses elementos estiveram bem presentes em detalhes tais como:

  • As listras e os tons da coleção remetem ao Talit, o xale que os homens usam para rezar.
  • As mangas e luvas listradas de preto vêm do Tefilin, amuleto de couro que é amarrado no braço e na mão diariamente na hora da reza. Desde o barmitzvah os meninos passam a usar.
  • Os cintos são uma referência ao Gartel, faixa que se usa por cima dos casacões de inverno.
  • Alguns looks ainda levam o Shtraimel, tradicional chapéu de pele que faz parte do costume ortodoxo.
  • A série de looks brancos remete ao Na Nach, uma ramificação do judaísmo ortodoxo que não se vê muito no Brasil.

Igualmente às coleções masculina de inverno/2010 com suas referências ao medo, morte e sedução e a de inverno/2011 que remetia a um mundo futurista e apocalíptico, as quais, à primeira vista, pareciam ser altamente conceituais,  a de inverno/2012 também engana mas acaba revelando, através de um olhar mais apurado, ser comercial. É que por trás das sopreposições e das referências às vestes tradicionais judaicas, podemos encontrar bermudas, paletós, casacos e calças com a essência das criações de Herchcovitch e com a modelagem que define os próximos padrões da roupa masculina contemporânea.

Fotos: Reprodução

Imagem do dia: Lea T para a FFW Mag!

Padrão

Durante a sua passagem pelo Brasil para participar do desfile de inverno/2011 de Alexandre Herchcovitch no SPFW, a top Lea T posou para a capa e fez um ensaio exclusivo para a revista FFW Mag! O resultado do trabalho acabou de sair e está ótimo, tanto quanto a própria Lea que dispensa comentários. Os clics são de Fábio Bartelt.