SPFW, verão 2012 / 2013: Ronaldo Fraga, pura poesia!

Padrão

  

A forma como o estilista Ronaldo Fraga utiliza aquilo que o inspira para a concepção de suas coleções nunca é óbvia, assim como acontece com outros grandes designers do mundo da moda, mas no caso específico de Ronaldo Fraga um ponto é sempre perceptível: a presença humana em seu trabalho.

Nesta coleção de verão 2012/13 essa presença do homem é ainda mais perceptível. A partir das viagens do designer ao norte do país, especificamente ao estado do Pará, Fraga conseguiu captar muito da alma das pessoas e da cultura local e isso se percebe a começar pela trilha sonora do desfile, recheada de ritmos tipicamente paraenses, do popular ao erudito, como as guitarradas, o brega e as óperas do maestro Waldemar Henrique. Impossível também não falar sobre a estamparia com imagens de aves e flores regionais, bem como das bijous feitas com frutos e sementes da Amazônia.

Essas bijous, também chamadas de biojóias, foram confeccionadas por artesãs do município de Tucumã, uma verdadeira aula de sustentabilidade a partir do uso de sementes e outros elementos típicos da floresta para conceber peças de design único e que tem muito a mostrar sobre toda a riqueza que transforma “pepitas de ouro em sementes da mata“, como diz o texto do release desta coleção.

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Uma resposta »

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s