Estilo Boyish: ouse!

Padrão

Não é de hoje que o guarda-roupas feminino se apropria de peças e acessórios típicos do vestuário masculino. Seja da calça boyfriend ao blazer de corte masculino, as mulheres cada vez mais aderem ao chamado estilo boyish e renovam o closet investindo no visual próprio dos homens, mas sem perder a feminilidade e sem ficar com um visual andrógino, como já tratado anteriormente aqui em um outro post.

Vale ressaltar que dentro do chamado Boyish, o que o caracteriza não é o uso que as mulheres fazem de uma determinada peça tipicamente masculina. Para esse estilo apenas esse detalhe  não é o que mais chama a atenção e nem se constitui como ponto principal, mas sim a produção que surge com vários elementos e referências aos looks masculinos,  finalizados com toques femininos. O resultado é um visual puxando para o clássico e com muita personalidade.

Para quem pensa que a idéia de mesclar em uma mesma produção peças masculinas e femininas é novidade, se engana. Fazer esse mix de referências nas vestimentas comumente usadas por homens para compor um look para elas, é algo que já ocorre há tempos. Estrelas do cinema como a inesquecível Marlene Dietrich, por exemplo, souberam retratar muito bem o desejo incontido de romper com os padrões estéticos referentes ao vestir típicos de suas épocas, passando a ousar. Nesse ponto, Dietrich pode ser considerada uma verdadeira vanguardista da moda. Ela foi uma das primeiras personalidades públicas a polemizar usando roupas masculinas.

 

Marlene Dietrich, lançando tendência, é considerada a primeira personalidade pública a adotar peças masculinas para compor seus looks

A idéia de investir em uma produção ousada onde buscar referências no guarda roupas masculino é a aposta principal, já marcou algumas temporadas onde essa tendência vem aparecendo e cada vez mais se fortalecendo. Os cortes retos característicos das roupas dos homens vistos nos coletes, camisas e ternos, além dos sapatos oxfords e mocassins, já estavam fortes nas últimas estações, a novidade da vez é o dos acessórios com ares masculinos, tornando o estilo boyish o queridinho do momento.

O ponto alto dessa tendência, mais recentemente, foi o smoking Lanvin usado pela atriz Anne Hathaway na premiação do Oscar 2011. Sem perder em nada para qualquer mulher fatal, Anne combinou a peça predominantemente masculina com os sapatos Brian Atwwod cobertos de cristais que somado ao restante da produção da atriz, deixou o look irreverente, charmoso e longe do lugar comum.

 

Entre outros looks usados pela atriz na festa do Oscar/11, nenhum foi tão comentado quanto o smoking Lanvin usado por Anne Hathaway.

 É legal poder brincar com o visual, mesclando o ar sério típico dos looks masculinos a elementos diferentes, tais como usar um terno masculino com vestidos e saias. Além disso, os acessórios, com o já dito anteriormente, contribuem fortemente para criar o contraponto que se busca entre os guarda-roupas masculino e feminino, tais como os tradicionais óculos, sapatos, suspensórios e as bolsas em estilo carteira.

Para as mulheres que gostaram da ideia e pretendem aderir à tendência, bom senso e bom gosto, são os elementos fundamentais para não errar e ficar parecendo que forçou demais na hora de compor o look.

 

A top Agnes Deyn, à esquerda e a cantora Janelle Monaé, à direita. Cheias de muito estilo, as duas dão verdadeiras lições do estilo Boyish.

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Uma resposta »

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s