A Androginia está na moda

Padrão

Tanto na moda quanto na arte a questão que envolve o gênero e a androginia sempre foi polêmica. A criação de uma beleza fora do padrão e a própria fusão de características masculinas e femininas seja em uma pessoa ou em um look, gera todo um burburinho e isso não é de hoje.

Conta a mitologia grega que os andróginos eram seres esféricos que possuiam os dois sexos, quatro mãos e duas faces opostas. Como eles eram fortes, tentaram invadir o Olimpo (morada dos deuses) para tomar o poder. Acontece que Zeus, frente às ameaças dos andróginos, condenou cada um deles a viver eternamente em busca pela sua metade. É justamente essa beleza inesperada, considerada feia por alguns ou estranha, aquela que nos une a nossa outra metade e que nos instiga a explorá-la: eis o “eterno dilema” com o qual os andróginos da atualidade convivem.

Talvez seja exatamente essa busca por explorar a nossa tal outra metade é que vem influenciando o momento pelo qual a moda passa atualmente. Afinal, ela anda cheia de referências à androginia, tanto na aparência de modelos, quanto em itens do vestuário. Referências nas roupas masculinas para compor os looks femininos são mais do que recorrentes, basta lembrar da calça boyfriend, das várias versões já criadas do smoking criado por Yves Saint Laurent em 1966 para as mulheres (fotos acima), as calças femininas de alfaiataria com corte masculino, a coleção masculina de inverno 2008/09 da Prada, cheia de conotações femininas (sempre uma referência para mim no quesito das coleções que “brincam” com as questões de gênero), os sapatos oxford e tantas outras, são apenas alguns dos exemplos que ilustram isso.Talvez a moda nunca misturou tanto ícones tradicionalmente masculinos para compor looks femininos e vice-versa.

Mudando o foco para as campanhas e os edioriais de moda, sempre é possível se ver ótimosexemplos da temática andrógina send explorada. Para exemplificar, recentemente a nova campanha da FIASCO Magazine fotografada por Jesse Laitinen e intitulada de “BOYS BOYS BOYS IN ROOM 123” (fotos abaixo), explora muito bem a questão da androginia na moda colocando meninos, plumas, rendas e muito salto alto em um editorial só.

E nesse mergulho pelo mundo da androginia, não se pode deixar de citar a aparência dos modelos, tanto dos homens quanto das mulheres, representando um outro desdobramento da questão. Neste ponto encontramos um dos tops mais requisitados no cenário fashion atualmente. Trata-se de Andrej Pejic e sua beleza feminina.

Com apenas 18 anos Andrej Pejic já causa muita polêmica por ter um rosto super afeminado e confundir muitas vezes com uma mulher. O seu début aconteceu em julho de 2010 na fashion week de Paris. Desde então, ele ilustrou as edições japonesa, italiana, turca e francesa da Vogue, e consta como o número 16o no ranking do Models.com. Mas o modelo não quer ser conhecido pela polêmica, como disse ao Daily Best, mas como um símbolo da transformação nas imagens de moda, em que a diferença entre atitudes masculinas e femininas não importa tanto.

 

O modelo na capa (junho/2011) e em editorial (maio/2011) da L’Officiel Magazine

Andrej Pejic nas passarelas de Jean Paul Gaultier (S/S 2012) e aqui no Brasil, durante a última

edição do Fashion Rio, desfilando para a Auslander.

Fotos: Reprodução

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

»

  1. Pingback: Estilo Boyish: ouse! « :: The Fashion View ::

  2. Pingback: Marlene Dietrich: vanguardista fashion « :: The Fashion View ::

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s