Ausländer encerra o Fashion Rio e trás à tona a discussão sobre a tal “Geração Y”

Padrão

A última edição do Fashion Rio foi certamente aquela que reuniu em um único evento e em um único desfile as personalidades mais, digamos assim, diferentes no atual cenário fashion, trata-se das presenças dos modelos Rick Genest e Andrej Pejic que desfilaram para a Ausländer encerrando a temporada de moda verão/2012 carioca.

Conhecido no cenário fashion por sua aparência bizarra, o modelo Rick Genes também chamado de “Zombie Boy” atraiu olhares e flashes como poucos. Ele é uma das figuras atualmente muito concorridas internacionalmente. Participou do desfile e da atual campanha da grife Thierry Mugler e contracenou com Lady Gaga no clipe de “Born this way”. No desfile da Ausländer ele fez duas entradas e na última apareceu na passarela sem camisa, mostrando o corpo tatuado e carregando uma placa on se lia “Young Blood ” (sangue jovem).

  

Na mesma passarela, Andrej Pejic chamou a atenção. Famoso pela aparência andrógina, o modelo já chegou a ser eleito internacionalmente como uma das “mulheres” mais sexy do planeta. Para a Ausländer ele também fez duas entradas. Na primeira surgiu na passarela com visual e look feminino, usando uma camisa com a frase estampada “Oh Lord, i have sinned” (ou, Oh Senhor, eu pequei) e para encerrar retornou vestido com modelo masculino.

 

Com o tema “Geração Y (Digital Youth, Millennials ou Globalists)” a Ausländer procurou ( e conseguiu!) expressar através da sua coleção muito do que a tal “Geração Y” significa, ou seja, a geração dos nascidos entre 1978 e 1990, concebidos na era digital, democrática e da ruptura da família tradicional. São pessoas que estão acostumadas a pedir e ter o que querem. Essa turma está, aos poucos, provocando uma revolução silenciosa, sem as bandeiras e o estardalhaço das gerações dos anos 60 e 70, mas com a mesma força poderosa de mudança. Eles acreditam que as normas do passado não funcionam e as novas estão sendo por eles inventadas, segundo Anderson Sant’Anna, professor de comportamento humano da Fundação Dom Cabral.

Outra marca desses jovens, ainda de acordo com Anderson, é que eles estão aptos a desenvolver a autorrealização, algo que, até hoje, foi apenas um conceito para muitos. Assim, ter o corpo coberto quase que totalmente por tatuagens, como fez o modelo Rick Genes ou ter uma aparência andrógina, como é o caso do top Andrej Pejic, bem como o sucesso e a aceitação que tem a modelo transex Lea T hoje, algo impensável a algumas décadas, signifa para a atual geração coisas completamente normais, aceitáveis e que expressam, antes de mais nada, o tal desejo incontido de se autorrealizar, de expressar o verdadeiro eu de cada um.

Não a toa o estilista Marc Jacobs, em ensaio para a revista “Industrie”, posou vestido de mulher, uma “transgressão” que, aliás, é cada vez mais bem vinda no mundo da moda, um mundo que também está cada vez mais refletindo os valores da sociedade atual, a sociedade da “geração Y”, para a qual as questões de Gênero são, também, assuntos mais do que normais e sobre os quais não cabem críticas e preconceitos .

Fotos: Reprodução

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s