The look: os chapéus mais inusitados das convidadas do casamento real

Padrão

O assunto do dia no mundo da moda não foi outro a não ser o do casamento real do príncipe William e Kate Middleton. Muito já se falou sobre a elegância da noiva e do sucesso que foi o seu lindo vestido assinado por Sarah Burton da casa McQueen.

Para abordar algo diferente, fiquei olhando as fotos publicadas dos convidados da festa real, seus looks e, sobretudo, os chapéus usados pelas mulheres. Aliás, foi um verdadeiro desfile de chapéus. Entre tantas cores, modelos e formatos diferentes, três deles chamaram bastante a minha atenção, justamente pelos aspectos citados acima (cores, modelos e formatos) e os meus escolhidos foram esses:

No quesito exotismo, não teve pra ninguém. A princesa Eugenie (esquisitinha ela, não?), chamou a atenção com um estranho chapéu em formato de laço, tudo no mesmo tom do seu modelito. Considerando o tal acessório, eis um de gosto bastante duvidoso…

 

Tudo azul! A socialite Tara Palmer-Tomkinson, quanto ao formato de seu chapéu que lembrava um barquinho caído estranhamente sobre sua testa, foi uma das que certamente “causaram” na cerimônia do casamento real.

 

Zara Phillips foi outra convidada que chamou a atenção por usar um  modelo de chapéu de formato pouco convencional. Tudo bem adequado com a sua produção em tons de cinza.

 

O chapéu pequenino e combinando com o tom da roupa (azul marinho) dela não é exatamente um modelo inusitado e chamativo, mas não é possível deixar de citar Victoria Beckham, pois no quesito “fashionismo” ela é sempre hour concour.

 

Fotos: Reprodução

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s