Chanel, fall 2011/12 e a viagem ao fim do mundo

Padrão

Que os desfiles da Chanel costumam ser um dos grandes acontecimentos da Paris FW, isso não é novidade, sobretudo por toda a grandiosidade que as apresentações da marca costumam ter. A começar pelo local, o Grand Palais, continuando pela ambientação, o cenário que Lagerfeld procura magistral e exageradamente criar para os desfiles da maison. E toda essa grandiosidade do evento não se resume apenas a isso, os convidados vestindo as últimas coleções da marca são um show a parte e conseguem chamar tanto a atenção quanto as criações do kaiser.

Falando no cenário Karl Lagerfeld buscou fazer o oposto daquele criado para o desfile da coleção de inverno 2010/11, quando colocou um enorme ice berg derretendo no centro da passarela, criando uma lâmina d´água sobre a qual as modelos desfilavam. Desta vez, para a coleção de inverno 2011/12, o kaiser buscou mais uma vez impressionar e fazer as suas referências às mudanças climáticas globais ao conceber uma ambientação vulcânica, com fumaça e lava (de mentirinha, claro, mas não menos impressionante!), criando o cenário de um mundo apocalíptico no qual ele (Karl Lagerfeld) e suas criações surgem em meio a fumaça e as cinzas.

 

Todo esse cenário sugere um interessante contraste com os looks de inverno, compostos por peles, tecidos mais grossos e cores escuras e é justamente nesse contraste que reside o convite à reflexão. As mudanças climáticas são um fato irremediável frente ao modelo de desenvolvimento nada sustentável utilizado por nossa sociedade e aprender a conviver com elas se faz necessário diante da necessidade de se adaptar às transformações e, assim, sobreviver (um pouco da lei da seleção natural proposta por Darwin aqui).

Enfim, são por essas e outras que as apresentações da Chanel sempre chamam bastante a minha atenção. Afinal, quem foi que disse que a moda tem de estar distante de questões que fazem parte do nosso cotidiano e que afetam nossas vidas?

 

Fotos: Reprodução

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

»

  1. Pingback: Paris FW, S/S 2012: Chanel « :: The Fashion View ::

  2. Pingback: Reflexões sobre o inverno/2011 « :: The Fashion View ::

  3. Pingback: Paris street style: Anna Dello Russo, Giovana Bataglia e Anna Wintour « :: The Fashion View ::

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s