Colcci, inverno/2011: espetáculo do marketing e da publicidade

Padrão

Com um styling mais elaborado, ainda que apresentando uma coleção bem comercial, como já tradicionalmente acontece, a Colcci fez um desfiles daqueles que certamente estarão estampando as capas dos jornais da manhã seguinte. Contudo, não se engane! Essa repercussão toda não é mérito da coleção em si, mas sim do espetáculo fruto de uma bem pensada e elaborada campanha de marketing e publicidade, em grande parte reforçadas pela presença de uma personalidade internacional em sua passarela o ator Asthon Kutcher, bem como devido à permanência da top Gisele Bündchen no casting da marca, assunto sobre o qual já tratei aqui.

Espetáculo e marketing à parte, a Colcci, mai uma vez, buscou não investir tanto no jeanswear, um dos seus principais produtos, valorizando mais os tricôs, o couro e as lãs pesadas. Quanto ao seu desfile de inverno/2011, é possível dizer que ele foi apresentado corretamente mas sem grandes novidades, o que não é estranho para uma marca pautada em coleções comerciais. Para a Colcci, parece muito mais importar o show, o número de primeiras páginas que a marca consegue emplacar nos jornais e o burburinho todo que um astro internacional consegue causar na platéia e nos fotógrafos, todos insandecidos em registrar uma imagem que seja do astro.

Fotos: Reprodução

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Uma resposta »

  1. Pingback: World Spinner

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s