NYFW summer 2009, by Marc Jacobs

Padrão

 

Nesta terça-feira em NY o que mais se viu na imprensa especializada foram mesmo os comentários acerca do desfile de Marc Jacobs apresentado ontem, segunda (08.09) em evento paralelo ao calendário oficial da NYFW. Pode-se dizer que Marc Jacobs conseguiu conquistar a boa crítica dos grandes editores de moda presentes ao evento, a partir de uma coleção bem equilibrada, mesclando o estilo norte-americano com a sofisticação francesa.

Em entrevista a Nicole Phepls, do poderoso portal Style.com, Marc Jacobs resumiu a sua coleção como algo sobre a alegria em se vestir bem.

Para Suzy Menkes, do International Herald Tribune, a tônica da coleção do estilista foi o difícil equilíbrio entre os estilos urbanos e countryside, os ícones tipicamente norte-americanos e a sofisticação da França. Suzy elogiou bastante o tratamento dos materiais usados na confecção das roupas e demais acessórios apresentnados na coleção de Marc Jacobs. “Em primeiro vêm os tecidos, com efeitos extraordinários, como nos azuis e vermelhos escuros com superfícies brilhantes. Em seguida as silhuetas, formadas com tecidos torcidos na cintura ou, mais ao final, nos vestidos drapeados em cores mais claras“, observou a editora.

Apesar de todo o burburinho sobre as eleições presidenciais nos Estados Unidos e o que o país é ou não é, essa temática sempre foi um fértil território para músicos, escritores, artistas e estilistas. Neste ponto Marc Jacobs teve o êxito de conseguir evocar tal qualidade de pensamento com o seu desfile em NY, declarou com empolgação Cathy Horyn, editora de moda do The NY Times.

Em sua coleção para o verão 2009, Marc Jacobs apresentou looks que buscaram valorizar a cintura da mulher. Faixas e obis se sobrepõem a casacos, vestidos e blusas, amarrando e marcando mesmo a cintura. Muitos detalhes também puderam ser observados, todos no típico exagero do estilista: muitos brilhos, xadrezes com calças curtas, saias enviesadas, chapéus no estilo Mary Popins, bolsas com estampas de animais, saltos incríveis, muuuuuitas pulseiras, enfim. O designer deu, segundo Eduardo Viveiros do site Chic, uma verdadeira aula de história da moda norte-americana de quase um século atrás.

 

 

 

 

As cores, os brilhos e a cintura marcada por faixas e obis foram
 marcantes na coleção de Marc Jacobs

 

 

Nos acessórios bolsas das grandes às pequenas, imitações de peles
 de animais, muitas pulseiras e sandálias com saltos incríveis

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s