Desfiles conceituais na London FW

Padrão

London Fashion Week. Quarta-feira (13.02): o aguardado desfile de Giles Deacon teve como tema “morte e festa”, tema inspirado no filme “The Masque of the Red Death”, uma adaptação de Edgar Allan Poe sobre “a história de pessoas festejando em um castelo enquanto todos morrem lá fora”, segundo o próprio Giles. Em sua coleção foram apresentados vestidos bem modernos, com ombros e volumes estranhos, muitos zíperes (serão eles o hit do momento?), além de franjas longas. Houve também tricôs detonados e longos, cheios de efeito. Ainda de acordo com Giles suas roupas apresenntavam a mulher como uma “femme fatale numa discoteca gótica”.

A partir de uma comparação estabelecida por Sarah Mower, do Style.com, entre Alexander McQueen e Giles Deacon, este usa suas roupas visando dar apoio a uma narrativa do início ao fim ou para sugerir algo bem subversivo.

Gareth Pugh foi outro show a parte, com um desfile de roupas feitas para serem vistas na passarela. Ele fez uso do zíper também, mas não como detalhe, e sim como matéria-prima para uma espécie de tecido que ele conseguiu obter costurando um a um os zíperes, lado a lado. Com esse “tecido”, produziu vestidos rígidos, com ondas e ombros bem marcados, criando uma espécie de “samurai vestido de zíperes”, como escreveu Tim Blanks em sua crítica no portal Style.com.

Em outro bloco, Gareth criou mais volumes com uma construção que lembra origami. Para essa produção de volume ele lançou mão inclusive do uso de pêlos. Assim, se viu muito preto, cinza, volume, peças curtas e justas, entre outras coisas em seu show que teve como tema “O Mágico de Oz”. Talvez os vestidos rígidos representem o homem de lata, os pêlos sejam o leão medroso… Mas, e o espantalho???

Os dois estilistas, em conjunto, mostraram que sabem mesmo sobre como trabalhar um tema sem ser literal e nem óbvio.

giles02.jpg giles01.jpg

giles03.jpg giles04.jpg

Criações de Giles Deacon: muitos volumes e (des)proporções

gareth01.jpg gareth03.jpg

Gareth Pugh: O vestido de “tecido-zíper” e a produção volumosa com pêlos

gareth04.jpg gareth05.jpg

Os vestidos cheios de rigidez nas criações de Gareth Pugh

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

»

  1. Pingback: Paris FW: Gareth Pugh em preto e branco « :: Fashion View ::

  2. Pingback: Dobras, volumes e babados para o verão 2009 « :: Fashion View ::

  3. Pingback: Nova silhueta revela nova tendência da moda « :: Fashion View ::

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s