Show de absurdos, conceitos e formas na temporada de alta costura parisiense

Padrão

gallianov08_f_004.jpgchristiandioraltacostura_v08_f_002.jpg

Criações de John Galliano e Christian Dior

Os fashionistas aqui no Brasil enlouqueciam com a temporada de outono-inverno apresentada na SPFW e no mesmo dia em que a semana de moda brasileira terminou (21.01) começaram os desfiles de alta-costura em Paris, para a estação de verão 2008, onde foram apresentadas as coleções de Karl Lagherfeld, John Galliano (para Dior), Lacroix, entre outros.

 Em desfiles que apresentaram as idéias dos estilistas, cheias de “absurdices”, diga-se de passagem, foram apresentadas as tendências que devem vir a influenciar a fonte na qual os demais designers do restante do planeta irão beber para o lançamento futuro de suas coleções.

 chanelaltacosturav08_f_009.jpgchristiandioraltacostura_v08_f_001.jpg

O gigantesco casaco do desfile de Lagerfeld (para Chanel) e outra criação de Christian Dior

Karl Lagerfeld, para a Maison Chanel, colocou um casaco (modelo bem típico da grife), do qual saíam as modelos, no centro do show. Aliás, lembrou bastante a apresentação da última coleção da grife com aquela enorme gravata borboleta no meio da passarela, no desfile apresentado no Grand Palais, em outubro do ano passado. 

Valentino fez uma espetacular apresentação de sua coleção, aproveitando para fazer a sua despedida das passarelas. Christian Dior apresentou um “baile de época e borboletas”, segundo noticiou a AFP para UOL moda.

valentinov08_f_002.jpgvalentinov08_f_008.jpg

O desfile-show de despedida de Valentino

E assim, em meio a glamour, sofisticação, e muitos absurdos nas coleções, a temporada de moda em Paris é o centro do foco. Para ver as demais fotos das coleções, devidamente comentadas, clique aqui.

Sobre L. Borges

Blogueiro ligado em moda e estilo e jornalista nas horas vagas (RSSSSS). A idéia de criar e manter um blog de moda, O "The Fashion View" remete a um projeto da época do curso de jornalismo na faculdade de comunicação social e através dele tenho um canal através do qual posso expressar, livre e independentemente, minhas idéias e impressões acerca de diversos assuntos relacionados ao universo da MODA e que são de meu interesse. Como profissional especializado no meio, vejo e admiro a moda como uma forma incrível de comunicação não verbal que, no atual contexto da chamada pós-modernidade, tornou-se mais do que nunca capaz de revelar gostos, sensações, sexualidade, atitude, personalidade, poder, enfim, a nossa própria identidade, afinal, quem foi que disse que moda diz respeito apenas a roupas e a futilidades?!?

Uma resposta »

  1. Moda show, no maior exemplo do que dizia Lipovetsky sobre a aparência e o excesso diante da real necessidade da moda.

Sua opinião é muito importante. Registre aqui o que você achou deste post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s